ecsbdefesa.com.br

HISTÓRIA MILITAR, DEFESA, ESTRATÉGIA, INTELIGÊNCIA e TECNOLOGIA

BLINDADOS PAULISTAS 1917 -2020 Da Força Pública à Polícia Militar

R$120,00

Novo livro do ECSB/Defesa – Número 8 da Coleção Blindados no Brasil.

Livro com 200 páginas, sendo uma dupla;

Centenas de fotos p&b e coloridas;

Ilustrações de uma a cinco vistas dos principais veículos blindados.

Toda a história dos veículos blindados paulistas nos últimos 103 anos.

Obra inédita e única.

290 em estoque

SKU: CBB8 Categoria:

Consulte o prazo estimado e valor da entrega

Não sei meu CEP

Descrição

A história dos Blindados desenvolvidos, produzidos e adquiridos pelo Estado de São Paulo, visando atender às suas necessidades, junto às suas Forças Policiais, com sua iniciativa surgida na Greve de 1917 deflagrada na capital paulista, obrigando  à então Força Pública de São Paulo a tentar sanar suas deficiências no sentido de restabelecer a ordem pública, onde surgiu a primeira materialização da ideia de se blindar caminhões para proteger as tropas que estavam sendo atacadas dentro da cidade. Inicialmente usaram-se fardos de feno com proteção da tropa na carroceria dos caminhões e partiram para no ano de 1918 tentar criar um veículo blindado metálico, o qual acabou por não ficar pronto e ser abandonado sem uma conclusão definitiva.

Nos anos seguintes esta ideia acabou por se materializar durante a Revolução de 1924, onde no Quartel da Luz, no coração da cidade de São Paulo foram construídos três veículos blindados sobre chassi de caminhão, sendo um inteiramente metálico e o outro em madeira, mas dois não deram o resultado esperado, em razão de falhas técnicas no seu desenvolvimento, e um foi operacional sendo empregado na luta.

Em 1930 foi adquirida na França uma motocicleta blindada, algo então inédito tanto no país de origem como aqui no Brasil.  No ano seguinte surgiu o primeiro blindado projetado e concebido dentro da Força Pública do Estado de São Paulo, quando foi criada uma Seção de Carros de Assalto.

Posteriormente durante a Revolução Constitucionalista de 1932 o desenvolvimento e a produção alcançou um patamar extremamente interessante, resultando em diversos modelos e vários tipos, desde veículos sobre rodas a trens blindados, usados com relativos sucessos.

Nos anos seguintes o governo central optou por importar alguns modelos da Holanda e Bélgica para uma Policia Especial criada pelo governo central, como forma de evitar novas revoluções  no estado de São Paulo.

Somente nos anos de 1960 é que a indústria nacional daria os primeiros passos para uma produção local não só para atender São Paulo como outros estados da federação, onde foram desenvolvidos modelos muito interessantes que sobreviveram até meados dos anos 2000, quando acabaram por importar veículos israelenses que hoje operam na Polícia Militar e Civil Paulista, e este livro mostra toda esta evolução.

Informação adicional

Peso 390 g
Dimensões 15 × 1 × 21 cm
error: Content is protected !!